Archive for the ‘Interatividade’ category

Temporada de Caça à Imoralidade

28 março, 2009

cabecalho-do-post-blog-do-flamenguista-70

A algum tempo, fui apresentado ao projeto NaAção, que consiste em uma iniciativa independente, de torcedores, visando conseguir um mínimo de 500 sócios OFF-Rio, para constituir uma “chapa” forte, para as eleições de 2012. Um plano simples, inteligente, a longo prazo e, primordialmente, possível (característica, que ao meu ver, falta em muitos outros movimentos, também sérios, mas que nunca conseguirão ser postos em prática).

Fiquei interessado e virei (à medida que minha conexão permitia) membro acíduo do fórum da comunidade, no Orkut; o que só confirmou minhas suspeitas: São pessoas que sabem o que querem e trabalham para isso.

Todavia, minha avó já dizia: Prego que se destaca, leva martelada. E com o NaAção não foi diferente. Nem tardou e nossa digníssima diretoria tomou providências. Segue, na íntegra, a nota publicada no site oficial do projeto:

No dia 12 de março, do corrente ano, sem qualquer aviso prévio, a diretoria do Clube de Regatas do Flamengo demonstrou mais uma vez a sua vontade de permanência eterna no clube.

O receio de que os  sócios OFF-Rio se tornarem uma ameaça nas próximas eleições, através de movimentos como o NaAção, geraram o aumento de 166% na mensalidade dos torcedores residentes fora do Rio de Janeiro.

Esta, que antes era a única condizente com a realidade financeira do país, no valor de R$15,00 (quinze reais), disparou para R$40,00 (quarenta reais), sem qualquer aumento dos benefícios referentes a essa categoria de sócio.

O NaAção não se calará frente a tamanho golpe, vindo da atual (e, se deixarmos, eterna) diretoria do Flamengo, que dia após dia, afunda mais o nosso clube do coração.

Pasmem! 40 reais pelo direito ao voto.
Não gosto da idéia de me posicionar extremamente contra qualquer partido, seja ele do Flamengo, ou da própria república; pois há sempre o risco de não reconhecer os (mesmo que raríssimos) feitos da situação. Entretanto, minha missão fica cada vez mais desafiadora, à medida que surgem escândalos de corrupção, ou, simplesmente, amadorismo.

Portando, limito-me a convidar os leitores deste humilde blog a conhecerem a proposta do movimento e, se assim como eu, gostarem da idéia, que passem a apoiá-la, da maneira que couber, a cada um.

SRN

Anúncios

Manto Anos 2000.

29 julho, 2008

O João Paulo Nogueira, me enviou por E-Mail, o modelo de uniforme abaixo (Clique nas Imagens, para ver maior):

Repare, que apesar de aparentemente, a camisa ter desing bem moderno, o escudo das antigas, vermelho e a gola alta, deixam a camisa com ar de retrô.

Outro ponto que gostei, foi das listras na parte lateral, intercaladas.

A camisa foi claramente inspirada nos modelos Adidas, mas agora que o Flamengo acertou com a OLK, bem que ela podia dar uma copiadinha. :p

SRN & Fora Nike!

Flamengo: Uma Paixão Brasileira.

1 julho, 2008

O Calendário do mês, já atrasou um dia, mas assim que der, tô postando aqui no blog.

Não restam dúvidas sobre existir um componente divino na explosão das grandes

euforias populares, na manifestação apaixonada de fervor e certeza que unifica multidões. Assim, podemos conceituar como sublime e rutilante catarse coletiva na vitória como na derrota – que tantas vezes temos presenciado na história desportiva do Brasil, e que tem sua origem no vigor e na autenticidade da torcida do FLAMENGO.

De tão viva e candente, tão copiosa e colorida, tão comovedoramente absurda,

a paixão rubro-negra chega a parecer universal, assumindo dimensões de unanimidade, pela força irreprimível de sua presença. Na alegria ou na dor, o torcedor do FLAMENGO se multiplica, e cada um deles é de certo modo multidão. E de tal forma essa verdade se expande, em sofridas lágrimas ou nos brados e chispas das vitórias, que ninguém, testemunhando tal fenômeno, consegue ficar-lhe indiferente. Acreditamos acontecer com certa freqüência, em certos episódios de paixão da grande torcida, a solidariedade, pelo menos inconsciente, de todos que a apreciamos.

Fenômeno de massa dos mais absolutos e autênticos, o FLAMENGO transcendentaliza o evento meramente esportivo, em seus transbordamentos e contrastes, no cadinho ardente em que se somam tantos heterogêneos – e passa a ser um acontecimento, e/ou um problema, nacional. As estreitas concepções de facção não seriam competentes para mensurar tamanha força passional que uma só torcida consegue dinamizar. Então seria o MENGO contra o mundo inteiro… O que não chega a ser possível; pois há sérios indícios que o torcedor rubronegro desborda os limites de multidão e território , chegando desse modo a ocupar, nas gloriosas euforias e nas pungentíssimas tristezas, todo o espaço disponível da própria alma nacional.

( autor desconhecido )

( fonte: Revista Placar – abril/1979 )

Mais uma colaboração de Kid Ferreira!

SRN

Mengão Perdendo Pros Arco-Íris? (2)

25 maio, 2008

Parabéns, nação! Desde que eu postei pedindo ajuda para passarmos de fase na Copa BnCi de Torcidas (do Blog BnC Iscuitantes) não deu outra! Viramos a parada e nos classificamos pra segunda fase, contra o América Mineiro.

Mas…Já estamos perdendo de novo! Falta pouco tempo, mas estamos próximos!

Vamos votar! É até meia noite!

SRN

Update: O prazo foi prorrogado! Até hoje a noite! Votaaaaaando!

Mengão Perdendo Pros Arco-Íris?

18 maio, 2008

O Blog Bola nas Costas Iscuitantes, está realizando a “Primeira Copa BnCi de Torcidas“, onde os leitores do Blog votam no seu time.

Já na enquete “Que Time é Teu?” (que definia os duelos para a segunda fase da competição), a gente já não foi bem. Com apenas 2,80%, ficamos em 8º lugar (o líder Grêmio, teve 24,77%).

Agora, já na copa, contra o São Caetano (que nem torcida tem…é só arco-íris votando contra), estamos perdendo e sendo desclassificados na primeira fase (a votação termina quarta).

Vamo votar Nação!

SRN

Zizinho, o Primeiro dos Gênios.

23 abril, 2008

ZIZINHO, uma definição de meia perfeita.

Nome: – Thomaz Soares da Silva

Posição: – Atacante

Camisa: – 8

Origem: – Niterói (RJ)

Nascimento: – 14/09/1921

Era um apaixonado pelo América, mas foi recusado com o argumento que já havia muitos alas-direitas na equipe, e Zizinho era muito baixo e tinha pernas grossas.

Em 1939 procurou pelo técnico Flavio Costa, do Flamengo, para fazer um teste. Entrou no lugar de Leônidas da Silva, o Diamante Negro, em um amistoso contra o Independiente, do Chile.

Em 1940 se firmou como titular. Marcou seu primeiro gol no dia 11/05 na estréia do Flamengo contra o São Cristóvão, jogo válido pelo Campeonato Carioca, onde o Flamengo saiu-se vencedor pelo placar de 2 a 1.

Zizinho foi tri-campeão pelo Flamengo nos anos de 1942, 1943 e 1944.

O time base do tri-campeonato era: Yustrich, Domingos da Guia, e Nilton; Biguá, Volante e Jaime; Valido, Zizinho, Pirilo, Perácio e Vevé. Técnico

Flávio Costa.

Zizinho ainda jogaria pelo flamengo até 1950 sem no entanto, ser campeão, mas deixou seus gols:

1940: ( l )

1942: ( 11 )

1943: ( 7 )

1944: ( 8 )

1945: ( 12 )

1948: ( 14 )

1949 ( 7 )

Em 1950, transferiu-se pra o São Paulo, onde fora campeão com 24 gols. Na Copa América, pelo mesmo time, fora o maior artilheiro com 24 gols.

Em 1959, jogou no Uberaba, de Minas Gerais.

Em 1960, foi treinador do Bangu.

Em 1962, encerrou sua carreira no Italiano, do Chile.

Apelidado de ¨Mestre Ziza ¨por Leônidas da Silva e elogiado pela crítica esportiva: ( O futebol de Zizinho me faz recordar Da Vinci pintar alguma coisa rara ) .

Morreu no dia 08/02/2002, vitima de infarto.

Fonte: – Zico na Rede

Revista Placar: abril de 1979.

Matéria Enviada por Kid Ferreira.

Cantando até o Fim!

18 abril, 2008

Campanha iniciada em um Tópico na Comunidade “Flamengo (Oficial)” e que apoiamos plenamente!

“Queria por meio desse recado, tenta incentivar a 35 milhões de rubro negros a INOVAR! Ser uma torcida diferente de todas as outras, mas não só com o reconhecimento próprio, chamariam de fanatismo , como já chamam, chamariam de paixão, e etc., e Por quê? Por apenas cantarmos sempre mais alto? Por apenas vibrarmos sempre a mais do que as outras? Por apenas sermos a mais vibrante? Sim, fazemos isso tudo muito bem, e nós sabemos disso, mas sempre cada um vai puxar sardinha pro lado do time q torce, nenhum “gremista” vai dizer q somos os mais inflamados, nenhum “palmeirense” vai dizer q somos diferentes de todos, nenhum “botafoguense” vai confessar q somos fora do normal, porque pra eles fazemos o previsto q uma torcida pode fazer, e ate menos na opinião deles, eles também fazem pros seus times e pra eles são os melhores no q fazem, mas e se fizéssemos algo q ainda não vi em time algum no mundo ? Talvez um dia todas as torcidas reconhecessem q somos diferentes mesmo, mesmo com a rivalidade, e ser diferente seria o que exatamente? Seria toda vez q o nosso time estivesse perdendo pelo placar q fosse, até por 10 a 0 , ninguém ir embora do maracanã e gritasse e vibrasse e pulasse e ascendesse sinalizadores e abrissem bandeirões como se estivéssemos ganhando um titulo, seja perdendo em uma final ou em um jogo comum, SIM , cantar mais alto do q o adversário q está ganhando, isso seria fora do comum, algo jamais visto , abafar a cantoria da torcida q estivesse sendo campeã , o time q fosse, o campeonato q fosse, o jogo q fosse , a goleada q fosse, CANTAR e vibrar! Vocês me perguntariam: mas é impossível, o outro ao meu lado não iria se conformar , mas se ele visse você cantando com vontade, ele certamente iria se render e cantar também, registrem essa diferença em bandeiras, em comunidades, em qualquer coisa, DIVULGUEM …pra que todos possam ler e entender, para colocarmos isso em pratica, e iria passar d um para outro como uma epidemia , e você talvez me perguntaria, “mas não tem como não ficar triste , isso é palhaçada, é o Flamengo que tá em campo perdendo” e eu diria , e dai? Não estou aqui dizendo para não ficarmos tristes, para não esquentarmos mais se perdermos, ficaríamos muito tristes, e vamos reivindicar sempre, vamos protestar sim, mas fora do maracanã. (ninguém nunca tem nada a perder quando se já esta perdendo!! ) se estamos perdendo um jogo por ex , seja o placar q for , porque não deixar de fazer o obvio e fazer o inusitado??? Porque não surpreender? Perder não significa deixar de ser rubro negro, então vamos cantar e vibrar muito mais alto do q o adversário q tá ganhando , vamos mostrar pra eles q somos mais felizes apenas sendo Flamengo do q eles q estão ganhando um jogo ou um titulo, iremos agitar o maracanã e onde estivermos, até no Japão! Com certeza iríamos ser algo a parte, uma torcida a parte, mais do q já somos, mas de uma forma mais diferente.! Não é pra tomar gol e rir, não, eu falo de filosofia! Iríamos entrar no estádio cantando normalmente, e agir como sempre agimos, mas quando tudo estiver acabado e o jogo chegando ao fim, ai sim, entra em cena essa filosofia, essa diferença, NINGUEM VAI EMBORA! TODO MUNDO CANTANDO COMO LOUCOS! Outra idéia q poderia ser muito boa , é a idéia de independente do maracanã cheio ou não, cada um, mas sem faltar NENHUM dos rubros negros dessem as mãos , levantassem para o auto como se fossem orar pelo Flamengo e gritassem um “MEEEENGO” bem prolongado , como se fosse uma ceita, quando estamos colados um no outro normalmente sobra espaços no maracanã, se absolutamente TODOS fizessem isso iriam alongar a torcida , certamente não ia sobrar espaço algum, pois iríamos nos estender , e gritando , iria dar um efeito de emocionar até a torcida adversária….

EX: ( ….\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/…. ) já pensou 60 mil nesse rítimo? Vamos inovar, vamos mostrar ao mundo inteiro a alegria q é ser RUBRO NEGRO.”

O texto não está no formato convencional do Blog, pois não é nosso! Apenas corrigimos algumas abreviações…

Sugestão de Rondinelli Moulin Lima, através do e-mail do nosso E-mail (blogdoflamenguista.bol.com.br).